Ilhas Canárias

Parque Nacional del Teide nas Ilhas Canárias

Vulcão El Teide em Tenerife nas Ilhas Canárias

Para quem viaja para Tenerife, ir ao Parque Nacional Teide é uma visita imperdível, pois é lá que fica o Vulcão Teide, maior da Espanha e terceiro maior do mundo. O Parque Natural del Teide foi declarado Patrimônio Mundial da Humanidade em 2007, pela UNESCO, sob a categoria de Bem Natural; além de outras nomeações por importantes órgãos europeus. Afinal, motivos não faltam. É a mais completa amostra de vegetação de solo supra-mediterrâneo que existe; tem um vulcão incrível e uma fauna típica, com uma grande variedade de espécies de répteis, lagartos e até morcegos. Confira abaixo tudo sobre o Parque del Teide e não perca este ponto turístico das Ilhas Canárias.

Vulcão El Teide

E se você está planejando viajar para lá, não deixe de conferir também as dicas imperdíveis de como economizar muito na Espanha. São dicas muito boas, que valem a pena, e vão fazer você economizar muito em todo o planejamento da viagem e quando estiver lá. Sua viagem à Espanha vai sair mais barata do que imaginava e você poderá aproveitar ainda mais sua viagem. Agora veja tudo sobre Parque Nacional del Teide nas Ilhas Canárias.

Sobre o Parque Nacional del Teide

O Parque fica situada bem no centro de Tenerife, a uma altura de mais ou menos 2.000 metros, sendo que seu cume representa o pico mais alto da Europa (3.718 metros). É um dos locais mais visitados de toda a Espanha e Europa, recebendo aproximadamente três milhões de turistas ao ano! É claro que o ponto forte do Parque Nacional é o Teide, o vulcão. Mas há muitas outras maravilhas geológicas para ver: grutas, escoadas de lava e outros fenômenos relacionados ao vulcanismo. Vale também reparar na diversidade da flora e fauna do Parque. Ele foi criado em 1954 e conta com uma área de quase 20.000 hectares.

Flora Parque El Teide

O que visitar no Parque Nacional del Teide

A primeira dica é passear bastante! Quando menos esperamos algo, mais surpreendente é, então nossa dica para visitar o Parque é ir passeando por ele e descobrindo cada recanto. Há uma estrada que vai pelo norte do parque e outra pelo sul, então você ir por uma e voltar por outra. As Cañadas del Teide são um dos atrativos, que formam uma Caldeira enorme de aproximadamente 17 km de diâmetro, onde se assenta el Pico del Teide (aquela maior altura da Espanha referida acima!). A neve da ponta do vulcão e as escoladas de lava que vão descendo pelas laterais formam uma paisagem e contraste incrível! Por todo o Parque você verá paisagens que parecem de outro mundo, e isso somado aos vários animais pequenos que aparecem ou se vêm ”fugindo” dos turistas. Fique atento, porque por mais que as pedras do solo do Parque Natural (que são vulcânicas) sejam uma grande tentação para lembrar de lembrancinha, isso é crime! Já aconteceu de muitos turistas ficarem encantados com essas pedras de diferentes formatos e quererem levar com eles. Mas trata-se de um crime paisagístico e está totalmente proibido.

Vulcão El Teide

Subir ao Teleférico del Teide

É claro que tinha que ter uma forma mais fácil de subir até ao Teide que não fosse só a pé; haja pernas! A estação base fica a 2.366 metros de altura e sobe até à estação superior, que fica a 3.555 metros de altura. O trajeto dura cerca de 8 minutos, mas o melhor mesmo é a sensação e a vista! Por isso, fazer um passeio de Teleférico é realmente imperdível no Parque Nacional del Teide. Mesmo subindo até à estação superior, ainda falta um pouco mais para chegar ao topo. Mas o resto do caminho deve ser feito a pé, por um caminho estabelecido que leva uns 40 minutos de percurso. Lembrando que é subida, então a dificuldade – somada à altura – é alta. Dica: se estiver bom tempo, você ainda conseguirá ver as 4 ilhas ao fundo (Gran Canaria, El Hierro, La Palma e La Gomera)!

Horários: todos os dias do ano (sempre que o clima esteja propício) das 9h às 16h
Preço: o preço do trajeto para turistas custa 26€ (ida e volta) e para os pequenos 13€ (ida e volta). Já para os residentes, o preço de adulto é 12,50€ e a de criança 8,50€.

Subir ao Teleférico del Teide

Passeios Guiados no Parque Nacional del Teide

Uma das formas que sempre recomendamos para aproveitar mais e ter muito mais conhecimento do que estamos presenciando é fazer um passeio guiado. Além disso, nesse caso em específico que requer mais cuidados, é realmente indicado pois os guias dão dicas de como caminhar, o que levar para a trilha, como tentar ver os animais, fazer pouco ruído, os caminhos certos, e por aí vai. Fora que há vários itinerários à disposição. As visitas guiadas acontecem todos os dias do ano, menos no Natal e nos dias 1 e 6 de janeiro. Para isso, precisa agendar a visita guiada no site oficial do Parque Nacional, escolhendo um horário (das 9h às 14h) de segunda a sexta.

Passeios Guiados no Parque Nacional del Teide

Como chegar ao Parque Nacional del Teide

Há duas formas de chegar até ao Parque, de ônibus (chamado de guaugua nas Ilhas Canárias) ou de carro.

Guagua:
– Desde Costa Adeje: linha 342
– Desde o Puerto de la Cruz: linha 348

Carro:
– Desde o norte: pela estrada TF.21 La Orotava-Granadilla ou TF-24 La Laguna-El Portillo
– Desde oeste: estrada TF-38 Boca Tauce-Chío
– Desde o sul: estrada TF-21

Como chegar ao Parque Nacional del Teide - estrada

Não esqueça o seguro viagem obrigatório para Europa

Agora que você já sabe tudo sobre Parque Nacional del Teide nas Ilhas Canárias, uma dica importantíssima que reforçamos para todos que estão planejando ir à qualquer país da Europa é que não se esqueça que fazer um Seguro Viagem Internacional é obrigatório para viajar para lá. Veja nossa matéria de Seguro Viagem para Europa com tudo o que você precisa saber sobre o assunto, quais são os melhores seguros e dicas para fazer um excelente seguro por um preço incrível economizando muito.

Use seu celular à vontade na Espanha e na Europa

Poder usar seu celular em Barcelona, na Espanha, na Europa e em qualquer outro lugar do mundo é ótimo, pois ele acaba sendo muito útil. Você pode usar os aplicativos dos pontos turísticos e das cidades, os aplicativos de cupons de desconto, se for alugar um carro você economiza uns 100 euros por não precisar alugar um GPS pois poderá usar o do celular, pode pesquisar os endereços e horários dos lugares, ver a previsão do tempo para se planejar para os passeios e lógico ficar conectado com todo mundo através de aplicativos e postar suas fotos da viagem à Espanha nas redes sociais. Se quiser, veja nossas dicas de como usar o celular à vontade na Europa. É super barato e você vai poder usar seu celular o dia inteiro e em qualquer lugar. E usando a internet do seu celular você poderá pesquisar tudo sobre Parque Nacional del Teide nas Ilhas Canárias quando estiver lá.

Use seu celular à vontade na Espanha e na Europa

Dicas para aproveitar melhor sua viagem à Espanha

Agora que você já viu tudo sobre Parque Nacional del Teide nas Ilhas Canárias, uma dica legal e que faz a diferença na viagem é que alguns pontos turísticos, praias, cidades legais e vinícolas são um pouco afastados das cidades, e uma ótima opção para aproveitar melhor sua viagem pela Espanha é alugar um carro. Muitos brasileiros estão fazendo isso, pois você pode conhecer várias cidades da Espanha que são lindas fazendo um roteiro por Madri, Barcelona, Granada, Valência, Sevilha e até ir para Portugal, que está pertinho de lá e é uma das viagens mais bonitas e as estradas são lindas. Se quiser, veja nossa matéria de como alugar um carro na Espanha com dicas de como alugar um excelente carro por um preço incrível, comparadores de preços excelentes, documentos necessários e tudo o que você precisa saber sobre o assunto para economizar e fazer o melhor negócio.

Dicas para aproveitar melhor sua viagem à Espanha

Dicas dos ingressos das atrações da Espanha

Outra dica importante para economizar dinheiro e tempo é com os passeios. Para conhecer a maioria dos pontos turísticos e museus de Barcelona e Madri, é preciso comprar os ingressos de cada lugar. A dica é comprar todos os ingressos antes pela Internet, que além de serem sempre mais baratos, você economiza um bom tempo que perderia nas filas das bilheterias e já viaja com os ingressos em mãos e as atrações garantidas. Se quiser, veja aqui na matéria de ingressos para a Espanha todas as dicas, os mais vendidos e onde comprar todos os ingressos pelo melhor preço.

Veja outras matérias imperdíveis da Espanha:

O que fazer em Barcelona: Principais atrações e lugares de Barcelona na Espanha.
O que fazer em Madri: Principais atrações e lugares de Madri na Espanha.
Dicas para andar de trem na Europa: Melhores empresas, trajetos, onde comprar passagens super baratas e todas as dicas.
Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *